sábado, 20 de setembro de 2008

PRIMEIRA PÁGINA

Sejam bem-vindos a este recém-criado blog, que tratará fundamentalmente de Literatura, em especial a Portuguesa.

Espero contar com a colaboração e intensa participação daqueles que gostarem desta temática, que incluirá obras em prosa e poesia.

Para iniciar, coloco uma foto e um poema de David Mourão-Ferreira, poeta lírico dos anos 50, em Portugal e organizador, orientador e o primeiro co-diretor da revista Távola Redonda, publicada de 1950 a 1954, em Lisboa.


David Mourão-Ferreira

E POR VEZES AS NOITES DURAM MESES

(David Mourão-Ferreira)

E por vezes as noites duram meses
E por vezes os meses oceanos
E por vezes os braços que apertamos
nunca mais são os mesmos
E por vezes

.

encontramos de nós em poucos meses
o que a noite nos fez em muitos anos
E por vezes fingimos que lembramos
E por vezes lembramos que por vezes

ao tomarmos o gosto aos oceanos
só o sarro das noites não dos meses
lá no fundo dos copos encontramos

E por vezes sorrimos ou choramos
E por vezes por vezes ah por vezes
num segundo se evolam tantos anos.

6 comentários:

raquel disse...

Belo soneto! Sinto que está na hora de compensar parte dos "furos" de minha formação em Literatura Portuguesa. Apesar dos recentes flertes com certo Saramago e com o cronista Lobo Antunes, tenho muuuuito mar pra navegar! David Mourão-Ferreira parece ser bom início para "tomar gosto aos oceanos"

Jayme Ferreira Bueno disse...

Raquel, obrigado pelos comentários. Sempre gostei do David Mourão-Ferreira. Tive oportunidade de conhecê-lo literária e pessoalmente quando trabalhei com Távola Redonda.
Como possuo várias obras dele, e estão à sua disposição, é de fato um bom começo, ou continuação do conhecimento da Literatura Portuguesa. Sei que prefere a narrativa, mas a poesia também é um bom negócio.
Obrigado e vamos em frente...

Daniel Osiecki disse...

Olá, professor. Meu primeiro contato com a obra de David Mourão-Ferreira foi através da leitura de seu livro. desde então passei a me interessar muito pela obra poética de David, tanto que minhas leituras me levaram a ministrar em 2006 uma oficina de poesia na Fundação Cultural de Curitiba. Na oficina eu analisei poemas de Fernando Pessoa e do grande David. Os textos estão publicados no meu blog.Grande abraço, professor, e parabéns pelo blog.

Jayme Ferreira Bueno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
disse...

Parabéns pelo Blog!
Com certeza o início de mais um excelente trabalho!

Pedro Piu disse...

Professor, gostaria de entrar em contato com o Sr, pode me passar seu email ?

Agradeço!